Páginas

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

SUBSTANTIVOS

SUBSTANTIVOS

 Substantivo é a palavra que dá nome aos seres, indicando pessoas, lugares, sentimentos, estados, qualidades, ações.

1. CLASSIFICAÇÃO DOS SUBSTATIVOS
Os substantivos classificam-se em:
» Comum - é aquele que indica um nome comum a todos os seres da mesma espécie: terra, futebol, criança.
» Próprio – designa nome de pessoas, cidades, países, etc.: Maria, Brasil, Belo Horizonte, Terra.
» Simples – formado por uma só palavra: barriga, couve, pé, roupa.
» Composto – formado por duas ou mais palavras: guarda-noturno, guarda-roupa, pé-de-moleque.

2. FORMAÇÃO DOS SUBSTANTIVOS
» Primitivo – a partir dele se formam outros substantivos: mar, pedra, terra, barba.
» Derivado – é aquele que se forma a partir de outro substantivo: maresia, pedreiro, terreiro, barbeiro.
» Concreto – é aquele que indica seres reais ou imaginários, cuja existência é próprio, independente de outros: mar, Deus, saci, mulher, casa, caneta.
» Abstrato – é aqueles que indica seres de natureza dependente, ou seja, sua existência está ligada a nossa consciência apenas: amor, verdade, ódio, saudade, sensatez, mentira.
» Coletivo – indica um conjunto de seres da mesma espécie, embora estando no singular: cardume (conjunto de peixes), enxame (conjunto de abelhas),  quadrilha (conjunto de bandidos).
» Relação de alguns substantivos coletivos


Assembleia – de pessoas reunidas, de parlamentares
Acervo – de obras de arte
Alcatéia – de lobos
Antologia – de textos
Arquipélago – de ilhas
Atlas – de mapas
Arsenal – de armas, munições
Banda – de músicos
Bando – de aves
Batalhão – de soldados
Biblioteca – de livros
Cacho – de frutas
Chusma – de pessoas em geral
Colmeia – de abelhas
Constelação – de estrelas
Cordilheira – de montanhas
Elenco – de atores
Enxoval – de roupas
Fauna – de animais
Feixe – de lenha
Flora – de plantas
Frota – de navios
Galeria – de quadros
Júri – de jurados
 Junta – de médicos, examinadores
Lote – de coisas
Manada – de animais
Molho - de chaves
Multidão – de pessoas
Ninhada – de filhotes
Pinacoteca – de quadros
Piquete – de pessoas em greve
Plantel – de animais de raça
Pomar – de arvores frutíferas
Ramalhete – de flores
Réstia – de alho, de cebola
Vara – de porcos
Vocabulário – de palavras


3. FLEXÃO DO SUBSTANTIVO
Os substantivos podem ser flexionados em gênero, número e grau.

3.A.   Gênero do substantivo
Os substantivos apresentam dois gêneros: masculino e feminino.
Masculino: os nomes que são antecedidos pelo artigo o: o menino, o sol, o mar, o trem.
Feminino: os nomes que são antecedidos pelo artigo a: a carta, a menina, a caneta, a lua.
Flexão do gênero do substantivo
Substantivos biformes: são aqueles que apresentam duas formas para a indicação de gênero

» Substantivos terminados em –o mudam para –a.
Menino – menina
Gato – gata

» Substantivos terminados em –ão mudam para –ã, -oa, -ona.
Irmão – irmã
Leão – leoa
Chorão – chorona

» Substantivos terminados em –or formam o feminino com o acréscimo de –a.
 Doutor – doutora
Professor – professora
Corretor – corretora

» Pela troca da terminação -e por -a.
Parente – parenta
Presidente – presidenta
Mestre – mestra

» Pelo acréscimo de -a aos substantivos terminados em –ês, -l, e –z.
Freguês – freguesa
Juiz – juíza

» Por meio de –esa, -essa e –isa aos substantivos indicadores de ocupações especiais e de títulos.
Cônsul – consulesa
Visconde – viscondessa
Poeta – poetisa

» Formação de feminino com palavras diferentes.
Bode – cabra
Boi – vaca
Burro – besta
Cão – cadela
Carneiro – ovelha
Cavaleiro – amazona
Frade – freira
Veado – cerva
Zangão – abelha

» Por formações irregulares.
Ateu – ateia
Ator – atriz
 Avô – avó
Embaixador – embaixatriz
Judeu – judia
Maestro – maestrina
Marajá – marani
Réu – ré
Sultão – sultana

Substantivos uniformes: são aqueles que possuem uma só palavra para indicar o masculino e o feminino. Classificam-se em:

» epicenos: são os nomes de animais e de plantas em que se distingue o gênero mediante o emprego das palavras macho e fêmea.
Cobra macho
Crocodilo fêmea
Mamoeiro macho

» comum de dois gêneros: são substantivos que possuem uma só forma para o masculino e para o feminino diferenciados pelos artigos o (masculino) e a (feminino)
o cliente – a cliente
o doente – a doente
o estudante – a estudante

» sobrecomuns: são substantivos de um só gênero, que indicam homem e mulher, identificando apenas pelo contexto.
O cônjuge
A criança
O cadáver
A testemunha

» Substantivos podem ter significados diferentes dependendo do gênero:
A cabeça – parte do corpo
O cabeça – o chefe
A caixa – objeto
O caixa – pessoa
A rádio – estação
O rádio – o aparelho

» Alguns substantivos possuem mais de um feminino:
Aldeão – aldeã, aldeoa
Elefante – elefanta, aliá
Ladrão – ladra, ladrona, ladroa

Particularidades
Os nomes de rios, mares, montes, pontos cardeais, letras do alfabeto e meses são masculinos.

3. B. Número do substantivo

O substantivo apresenta dois números:
a. Singular – que indica apenas um ser: copo, flor, caneta.
b. Plural – que indica mais de um ser: copos, flores, canetas.

Plural dos substantivos simples

» Substantivos terminados em vogal ou ditongo oral acrescenta-se o s:
Gato – gatos
Série – séries

» Substantivos terminados em m troca-se por ns:
Item – itens
Álbum – álbuns

» Substantivos terminados por –ão troca-se por –ões, -ães, -ãos:
Aldeão – aldeões
Alemão – alemães
Irmão – irmãos

» Substantivos terminados por –r ou –z acrescenta-se –es:
Colher – colheres
Paz – pases

» Substantivos terminados por –s (oxítonas ou monossílabos tônicos) acrescenta-se –es:
Ás – ases
Freguês – fregueses

» Substantivos terminados por –s (paroxítonos) ficam invariáveis:
O lápis – os lápis
O vírus – os vírus

» Substantivos terminados por –x ficam invariáveis:
O clímax – os clímax
O tórax – os tórax

» Substantivos terminados por –al, -el, -ol, e ul troca-se por –is:
Varal – varais
Túnel – túneis
Anzol – anzóis
Azul – azuis

» Substantivos terminados por –il (oxítonas) troca-se por -is:
 Barril – barris
Cantil – cantis

» Substantivos terminados por –il (paroxítonas) troca-se por –eis:
Fóssil – fósseis
Projétil – projéteis
 Plurais dos substantivos compostos

» Substantivo composto não separado por hífen acrescenta-se o s:
Pontapé – pontapés
Passatempo – passatempos

» Só o primeiro elemento vai para o plural:
- nos substantivos compostos ligados por preposição, clara ou subentendida. (pés-de-moleque; mulas-sem-cabeça)
- nos substantivos compostos por dois substantivos, em que o segundo transmite a idéia de finalidade ou semelhança. (mangas-rosas; pombos-correio)

» Só o ultimo elemento vai para o plural:
- nos substantivos com os prefixos grão, grã, e bel. (grão-duques; grã-cruzes; bel-prazeres)
- nos substantivos compostos formados por verbos ou palavras invariáveis, seguidas de substantivo ou adjetivo. (ex-diretores; beija-flores;)
- nos substantivos ligados por três ou mais elementos não ligados por preposição. (bem-me-queres)
- nos substantivos compostos cujos elementos aparecem dobrados. (tico-ticos; reco-recos)

» Os dois elementos vão para o plural:
- nos substantivos formados por substantivo+substantivo. (cartas-bilhetes)
- nos substantivos formados por substantivo+adjetivos. (amores-perfeitos)
- nos substantivos formados por adjetivo+substantivo. (gentis-homens)

» Ficam invariáveis os substantivos:
- compostos por frases substantivas. (os bumba-meu-boi)
- compostos por verbos+palavra invariável. (os ganha-pouco)
- compostos por verbos de sentido oposto. (os vai-e-volta)

3.C.   Flexões de grau do substantivo

O grau do substantivo são dois: aumentativo e diminutivo

Grau aumentativo
Quando se emprega um adjetivo que indique aumento chamamos de grau aumentativo analítico: casa grande, nariz imenso.
O grau aumentativo sintético acontece quando o substantivo recebe sufixos que indiquem aumento: cabeça – cabeção

Grau diminutivo
O grau diminutivo analítico acontece quando se emprega um adjetivo que indique diminuição: casa pequena, nariz pequeno.
O grau diminutivo sintético acontece quando o substantivo recebe sufixos que indiquem diminuição: casinha, narizinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário